sábado, outubro 20, 2007

Em busca...

“Solidão não é a falta de gente para conversar,
namorar, passear ou fazer sexo...
Isto é carência!

Solidão não é o sentimento que experimentamos pela ausência
de entes queridos que não podem mais voltar...
Isto é saudade!

Solidão não é o retiro voluntário que a gente se impõe,
às vezes, para realinhar os pensamentos...
Isto é equilíbrio!

Solidão não é o claustro involuntário que o destino
nos impõe compulsoriamente...
Isto é um princípio da natureza!

Solidão não é o vazio de gente ao nosso lado...
Isto é circunstância!

Solidão é muito mais do que isto.
Solidão é quando nos perdemos de nós mesmos
e procuramos em vão pela nossa alma."

Fátima Irene Pinto

4 comentários:

Papoila disse...

e não é que é mesmo .. Solidão está na alma mesmo.

Beijinhos
BF

Olavo disse...

Solidão é a alma fugida...

Se encontrares a minha por ai...avisa-me por favor...à algum tempo que andamos desencontrados.

Breaking the Waves disse...

Curiosamente ontem coloquei este texto lá no cantinho e não, ainda não tinha vindo aqui! Há coincidências...
Recebi esse texto há algum tempo via email, mas identifica Chico Buarque como sendo o autor. Seja de quem for, é muito bonito.

Joana disse...

Pois é...existem mesmo coincidências! Eu encontrei o texto numa revista, e quando o pesquisei na net encontrei em muitos blogs que diziam que era de Chico Buarque mas que tinham comentários a dizer que ele não era o autor, alguns deles até dos responsáveis do site da autora.

Olavo se eu encontrar a tua aviso, e já agora se encontrares a minha avisa também, muitos de nós andamos à procura do mesmo! :)

Bjinhos a todos