segunda-feira, outubro 22, 2007

Elevar Acima da Cegueira dos Demais

“…Lembre-se: a vida nunca nos manda à fava, mas dá-nos oportunidades para aprendermos a apreciar quem somos, a reconhecê-lo e a elevar-nos acima da cegueira dos demais.
(…)
Mas lembre-se sempre de que amamos as pessoas, mas não amamos os seus comportamentos.
Muitas vezes, nós, as pessoas, não suportamos a luz dos demais e, não podendo possuí-la, a única coisa que nos ocorre é procurar apagá-la. Erro crasso…”

Rosetta Forner in “A Rainha que Mandou à Fava o Cavaleiro de Armadura Oxidada”

2 comentários:

Olavo disse...

Brilhante...simplesmente brilhante.

Pedro Sarmento Fonseca disse...

A vida por circunstâncias - a vida é ingrata e a sorte não chega a todos - que ela própria nos cria, por vezes, não nos dá tempo nem espaço para nos conhermos a nós e aos outros. E o valor que nos dão tende a ser sempre relativo, como tudo na vida. Tudo é relativo... No entanto, gostei do texto publicado. É sempre bom visitar este blog. Beijinhos